Palmeiras faz única exigência para vender Thalys ao Manchester United

Palmeiras faz uma única exigência para vender o Thalys ao Manchester United, o status das negociações e todos os detalhes já foram expostos.

Palmeiras faz uma única exigência para vender o Thalys ao Manchester United, o status das negociações e todos os detalhes já foram expostos. Com aval final do técnico Abel Ferreira, o Verdão já definiu quais serão os próximos passos para definir quais serão os planos para vender o jovem atacante, que está na lista de reforços do time inglês.

Além de reforços, a Sociedade Esportiva Palmeiras já acelerou no processo também para definir também quais serão os próximos passos para definir a situação do jovem, que é cobiçado para ser vendido pelo Verdão para a Europa. No entanto, o assunto está nas mãos da presidente Leila Pereira, que cuida do assunto.

Thalys, hoje, tem compromisso com a Sociedade Esportiva Palmeiras até o dia 17 de outubro de 2026 e um valor de mercado de 1 milhão de euros, algo próximo a 5,4 milhões de reais na cotação atual da moeda, de acordo com os dados do site transfermarkt. Além de ser centroavante de origem, o atleta também tem a versatilidade de atuar recuado como segundo atacante, caso necessário.

Não é de hoje que o Manchester United está na cola da contratação do atacante Thalys, além de acompanhar o jogador nos jogos durante a categoria de base palmeirense. Além dos ingleses, a Juventus, da Itália, também seria outra equipe que já sondou e foi atrás do representante do atacante para maiores informações neste segundo semestre.

Por outro lado, o departamento de futebol do  Verdão já se blindou no caso e já deixou claro quais serão os próximos passos para acelerar no processo de negociações e também definir quais serão os próximos passos para o futuro do Thalys, que é disputado por 2 gigantes clubes da Europa neste segundo semestre. A ideia é que tenha novidades sobre o tema em breve.

palmeiras
Palmeiras faz uma única exigência para vender o Thalys ao Manchester United, o status das negociações e todos os detalhes já foram expostos.. Foto: Divulgação

Palmeiras faz uma única exigência para vender Thalys ao Manchester United

Depois da sondagem inglesa, a presidente Leila Pereira resolveu se blindar da situação do Thalys e adotou o mesmo método que usou para vender o atacante Endrick para o Real Madrid e também para segurar os outros jogadores da categoria de base palmeirense que também são assediados por clubes europeus. Na análise da mandatária, o Verdão não irá fazer negócio com outro clube por menos que o valor da multa rescisória.

Hoje, a multa rescisória do atacante Thalys é de 60 milhões de euros, algo em torno de 327 milhões de reais na cotação atual da moeda e novidades deverão acontecer nos próximos dias. Para isso, o atacante deixou a sua situação nas mãos de seus empresários, que tem cuidado do assunto e novidades poderão acontecer na próxima janela de transferência.

Por outro lado, o Thalys não é o único que é cobiçado por gigantes da Europa, o meia-atacante Estevão Willian também é outro jogador que é alvo de investidas, sondagens e ofertas para deixar o Alviverde na próxima janela de transferência. Com isso, o departamento de futebol do Verdão já tem uma estratégia pronta e também elaborada que deverá ser colocada em prática.

Confira mais notícias do Palmeiras

Siga o É GOOL nas redes sociais: TwitterInstagram, e Facebook.

Para melhorar sua experiência na internet, o site usa cokies a fim de lhe enviar anúncios relevantes, você aceita este acordo? Aceito Leia mais