É GOOL
Mercado de transferência, colunas, Informações com credibilidade e muitas notícias

Palmeiras tem estratégia definida para avançar na negociação de Hernani, do Parma-ITA

Palmeiras tem estratégia definida para avançar na negociação com o meio-campista Hernani, que pertence ao Parma, da Itália.

908

Além de Flaco López e Merentiel, o Palmeiras não para por aí e negocia a contratação de mais reforços e agora o foco será o meio de campo, a pedido do técnico Abel Ferreira que deu seu aval para a diretoria acelerar nas negociações.

No entanto, o departamento de futebol do Verdão já sabe quando deverá tentar acelerar na chegada de um novo reforço para o segundo semestre e os detalhes foram divulgados e exposto, sob o comando de Anderson Barros. 

Confira tudo sobre o seu clube do coração e aposte na Bet365. Fique por dentro de todas as chances, probabilidades do mundo esportivo.

LEIA MAIS: 

POSIÇÕES EM BUSCA:

A pedido do técnico Abel Ferreira, o Palmeiras quer a chegada de um novo meia-atacante para disputar posição com o Raphael Veiga e Gustavo Scarpa neste segundo semestre. Por conta da lesão de Jailson, a diretoria também analisa uma possível investida em um novo volante.

NOMES EM PAUTA:

Com relação aos nomes em pautas são três, mas ainda não há avanço com nenhum deles: Bruno Tabata, do Sporting, Hernani, do Genoa-ITA, além do volante Wendel, ex-Fluminense, que pode deixar o Zenit e voltar ao Brasil.

Hernani, ex-Athletico-PR, pode deixar à Itália e reforçar o Palmeiras em 2022. Foto: Divulgação/ Parma

VEJA TAMBÉM: 

ATUALIZAÇÃO:

No entanto, o Palmeiras adotou uma estratégia e espera o meio-campista Hernani definir a sua situação no Genoa, da Itália, onde esta emprestado. Caso seja comprado pelo time italiano, junto ao Parma, o Verdão quer fazer uma oferta de empréstimo para tentar fechar com o jogador e com opção de compra no final do vínculo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Para melhorar sua experiência na internet, o site usa cokies a fim de lhe enviar anúncios relevantes, você aceita este acordo? AceitoLeia mais