Grupo de dono do Chelsea planeja comprar o Vasco

Roman Abramovic, dono do Chelsea, tem planos de injetar milhões e já iniciou os passos para comprar o Vasco da Gama.

Enquanto o Vasco já está em trâmites para virar clube-empresa, a SAF vascaína já começou a despertar interessados e um deles comanda um dos maiores clubes da Europa e tem sido destaque nos últimos anos.

O assunto está nas mãos da diretoria do Gigante da Colina, que cuida do assunto e deverá apresentar os interessados em comprar o Vasco assim que o clube se transformar empresa e deverá ter novidades ainda neste ano de 2022.

LEIA MAIS: 

Jorge Salgado em coletiva pelo Vasco. Foto: Divulgação/ Vasco.com.br

INTERESSADO NO VASCO: 

O Vasco começou a atrair investidores internacionais na compra do clube, um deles é o Roman Abramovic, dono do Chelsea, conforme revelou o jornalista Jorge Nicola em seu canal no YouTube. 

“O clube ainda nem terminou seu processo de transformação em sociedade anônima do futebol, mas sobram interessados na compra do Cruzmaltino. Recebi a informação de uma pessoa muito importante no mercado de que pelo menos 20 grupos já procuraram a XP para demonstrar interesse em comprar o Vasco da Gama”, informou Jorge Nicola, em seu canal no Youtube.

LEIA MAIS: 

DETALHES DO INVESTIDOR: 

Logo depois, o jornalista completou a sua resposta e deixou claro: “Entre os 20 grupos internacionais, um chama a atenção. Um grupo russo, que tem como um dos investidores Roman Abramovich, dono do Chelsea, atual campeão da Champions League e classificado para o Mundial de Clubes”, revelou o jornalista.

MAIS SOBRE A SAF DO VASCO: 

Por fim, o jornalista completou sobre os próximos passos do Vasco para virar clube-empresa: “Há quem garanta que dentro do conselho deliberativo vai ser bem difícil a aprovação, até porque a política no Vasco da Gama ainda causa muito problemas”, pontuou Jorge Nicola.

Siga o É GOOL nas redes sociais: TwitterInstagram, e Facebook.

Para melhorar sua experiência na internet, o site usa cokies a fim de lhe enviar anúncios relevantes, você aceita este acordo? Aceito Leia mais